72.500 doses da vacina da Oxford/AstraZeneca chegam ao Ceará | TVFORTALEZA.com.br 100% Internet

Nova remessa permitirá avançar na imunização de pessoas da primeira fase do Plano de Imunização   O Ceará recebeu, na noite deste sábado (23/01), o carregamento de 72.500 doses da vacina da Oxford/AstraZeneca. O prefeito de Fortaleza, José Sarto, acomp...

noticias, reportagens, jornalismo, video, documentario, reportagens, artigos

72.500 doses da vacina da Oxford/AstraZeneca chegam ao Ceará

Publicado por: Redação
24/01/2021 15:36:00
Em coletiva de imprensa, o prefeito de Fortaleza afirmou que esse é mais um passo importante na luta contra a pandemia e disse que a nova remessa permitirá a Fortaleza avançar por grupos que compõem a primeira fase do Plano de Imunização
Em coletiva de imprensa, o prefeito de Fortaleza afirmou que esse é mais um passo importante na luta contra a pandemia e disse que a nova remessa permitirá a Fortaleza avançar por grupos que compõem a primeira fase do Plano de Imunização

Nova remessa permitirá avançar na imunização de pessoas da primeira fase do Plano de Imunização

 

O Ceará recebeu, na noite deste sábado (23/01), o carregamento de 72.500 doses da vacina da Oxford/AstraZeneca. O prefeito de Fortaleza, José Sarto, acompanhou a chegada do lote no Aeroporto Internacional Pinto Martins ao lado do governador Camilo Santana, do secretário estadual da Saúde, Dr. Cabeto, e da secretária adjunta da Saúde do Município, Aline Gouveia.

 

Em coletiva de imprensa, o prefeito de Fortaleza afirmou que esse é mais um passo importante na luta contra a pandemia e disse que a nova remessa permitirá a Fortaleza avançar por grupos que compõem a primeira fase do Plano de Imunização. “Esta é uma luta que a gente vai vencendo passo a passo”, pontuou.

 

Sarto comenta sobre a chegada das vacinas:

O governador Camilo Santana comemorou a chegada de mais imunizantes ao Ceará e destacou a expectativa de produção da AstraZeneca no Brasil. “Essa vacina é a que tem a parceria da Fiocruz com Oxford e que, em breve, a Fiocruz vai estar produzindo aqui no Brasil, com perspectiva de produção de 15 milhões de doses a partir do momento que o IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) chegar da China”, comentou Camilo Santana.

 

A vantagem da vacina da Oxford/AstraZeneca, destaca o governador, é que todo o lote poderá ser aplicado em pessoas diferentes, sem precisar dividi-lo em primeira dose e segunda dose. “Porque a segunda dose poderá ser feita até com 90 dias. E, até lá, há toda uma programação de remessa de novas doses para a população que já vai receber essa dose da AstraZeneca nos próximos dias”, detalhou Camilo, citando orientação do Ministério da Saúde.

 

De acordo com ele, na manhã deste domingo, a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) definirá a distribuição do novo lote de vacinas pelos municípios cearenses. “Até porque elas não são suficientes para atender toda a população da primeira fase. Então deve haver critérios para a distribuição dessa primeira dose”, explicou.

 

Camilo antecipou que, nos próximos dias, o Ceará deve receber um novo lote com doses da vacina Coronavac. “A Anvisa aprovou a autorização para a Coronavac já produzida no Brasil. O Butantan já produziu 4,8 milhões de doses. Em breve, nos próximos dias, a gente vai receber mais vacinas da Coronavac, que vai nos permitir avançar na vacinação”, ressaltou Camilo.

 

Balanço

Nesse momento da primeira fase do Plano de Imunização, estão sendo atendidos os profissionais que atuam na linha de frente no combate à pandemia, idosos e pessoas com deficiência maiores de 18 anos que vivem em instituições de longa permanência, os trabalhadores desses locais e também indígenas que vivem em terras demarcadas.

 

Desde segunda-feira (18/01) até este sábado, 15.700 pessoas receberam a vacina na Capital. Profissionais que atuam nos postos de saúde na atenção primária começaram a ser vacinados.

 

Conscientização

Durante a coletiva, Sarto e Camilo também enfatizaram a importância de a população manter os protocolos sanitários, fazendo uso de máscara, higienizando as mãos e evitando aglomerações. Eles destacaram as ações de fiscalização intensificadas neste fim de semana, envolvendo o trabalho integrado de órgãos estaduais e municipais, com o objetivo de garantir o cumprimento do decreto de distanciamento social.

 

“Ainda estamos em pandemia. Já aumentamos algumas restrições para poupar a atividade econômica. A vacina chegou, esse é o primeiro passo de uma longa caminhada, que a gente quer encurtá-la e estamos encurtando, no que depende do Governo do Estado e da Prefeitura, e das Prefeituras (cearenses) de um modo geral. Mas é importante o cumprimento do protocolo orientado pelas autoridades sanitárias”, defendeu Sarto.

Fonte: PMF

 

 

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados