Brinquedos sexuais: aliado ou concorrente? | TVFORTALEZA.com.br 100% Internet

Inserir um sextoy na relação não é algo muito fácil para alguns homens, o tema ainda é tratado com restrição.   Mas esse assunto não precisa ser um bicho de sete-cabeças, um acessório não deve ser considerado um concorrente e sim um aliado para proporc...

sexshop, sextoys, vibrador, sexo, erotismo

Brinquedos sexuais: aliado ou concorrente?

Publicado por: Redação
14/10/2021 18:04:48
Cortesia Pexels/iStock
Cortesia Pexels/iStock

Inserir um sextoy na relação não é algo muito fácil para alguns homens, o tema ainda é tratado com restrição.

 

Mas esse assunto não precisa ser um bicho de sete-cabeças, um acessório não deve ser considerado um concorrente e sim um aliado para proporcionar momentos de prazer inesquecíveis para sua parceria.

 

“Me deparo frequentemente com comentários de homens que não se sentem à vontade de inserir um vibrador nas suas relações e acabam indiretamente comparando os acessórios com sua performance, ou até mesmo achando que perderá o espaço para o acessório, o que não é real” comenta Renan de Paula, sócio da sexshop Dona Coelha.

 

Claro que o começo não é tão fácil para muitas pessoas, mas introduzir aos poucos acessórios sexuais nas relações pode ser um bom início para um mundo até então desconhecido.

Renan de Paula, sexólogo e nome à frente da Dona Coelha traz três dicas especiais para introduzir sextoy na relação de uma maneira natural e prazerosa.

 

“Minha primeira dica para o homem é não comparar seu pênis com o vibrador. Isso costuma ser um reflexo natural. O vibra não é um competidor e, se fosse, o homem perderia de lavada.  O vibra pode ser de qualquer formato, com diferentes potencias e durabilidade muito maior do que um pênis na relação. Então, o ideal é não fazer essa comparação porque ela é injusta o usuário pode se sentir menosprezado e não atingir o objetivo do universo de sextoy que é uma noiva maneira de sentir prazer” comenta.

 

“Minha segunda dica é começar com algo que se sinta confortável, não adianta iniciar com um produto que seu vizinho, ou amigo usou e achou muito legal, você pode não estar preparado para aquela experiência. Cada um sente prazer de forma diferente, cada um tem uma a libido, um desejo sexual diferente, então o ideal é buscar algo que seja confortável para você nesse início.  Depois com o tempo dá para ir explorando cada vez mais esse universo” ressalta o empresário.

 

“Os vibradores podem ser utilizados para explorar o prazer do casal.  Muitos homens pensam que os acessórios são específicos para mulheres, o que é uma visão errônea.  Ele pode ser utilizado para explorar várias zonas erógenas masculinas, como o mamilo, pescoço, o pênis, e até mesmo a região do períneo, que é muito sensível ao prazer. O importante é estar preparado para conhecer novas sensações e prazer em dupla” finaliza Renan de Paula.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar